Finanças

5 dicas para reduzir os custos no condomínio

reduzir-custos-no-condomínio

A sua gestão condominial está no vermelho e você não sabe o que fazer? Reduzir os custos no condomínio é essencial, principalmente, em épocas de crise. O alto índice de desemprego e aumento dos produtos e serviços fez com que vários condôminos pressionem o síndico para a redução dos custos.  

Pensando nessa situação, nós trouxemos 5 dicas para ajudar a reduzir os custos no condomínio, mas sem perder a qualidade da gestão. Confira! 

Confira 5 dicas para reduzir os custos no condomínio  

Dica #1 – Adote medidas para redução de energia elétrica  
 

O desperdício de energia ainda é algo muito comum, principalmente, nos condomínios. Para sair do vermelho e ter um condomínio mais consciente, você pode adotar algumas medidas preventivas como: 

  • Substituir as lâmpadas comuns por lâmpadas de LED 
  • Manter as luzes desligadas durante o dia 
  • Investir em sensores de presenças 
  • Evite lavar calçadas e garagens com água 
  • Criar e compartilhar campanhas educativas com os condôminos  

Dica #2 – Adote medidas para reduzir custos de água no condomínio

Não é à toa que nas épocas mais quentes, o consumo da água aumenta, as pessoas querem se refrescar e se livrar do calor. Porém, o uso sem controle da água também pode se tornar um problema nos custos do condomínio. Para ajudar a economizar e ser mais consciente, nós separamos algumas medidas como: 

  • Evite lavar calçadas e garagens constantemente 
  • Crie um sistema de reuso de água  
  • Prepare campanhas educativas sobre o consumo da água para os moradores e funcionários 

Dica #3 – Realize manutenções preventivas  

As manutenções preventivas não devem ser deixadas de lado, elas são essenciais para detectar qualquer problema que possa virar uma bomba para a gestão financeira do condomínio. Sendo assim, não hesite em realizá-las, você pode evitar muitas suspresas desagráveis e imprevistos, além de manter a segurança de todos.  

Dica #4 Cuidado com a inadimplência do condomínio 

A inadimplência dos condôminos pode impactar a saúde financeira do condomínio, provocando um aumento absurdo da taxa condominial. Quando um morador deixa de realizar a sua contribuição mensal, o condomínio vai precisar cobrar mais dos demais moradores para garantir o controle financeiro. Logo, o síndico terá que tomar estratégias para evitar que essa situação aconteça. 

Leia aqui: 4 dicas para evitar a inadimplência no condomínio durante a crise

Dica #5 Use a tecnologia a seu favor 

A rotina de um síndico é desafiadora, o cargo possui diversas responsabilidades complexas, por isso, adotar a tecnologia na gestão de condomínios, como a da Condofy, pode ser importante para automatizar processos burocráticos, que demandam muito tempo e evitar erros. 

Confira os motivos para adotar uma tecnologia na sua gestão 

  • Praticidade e transparência 
  • Redução de custos com taxas administrativas, emissão de boletos e impressões 
  • Gestão centralizada 

Faça a sua parte para reduzir os custos no condomínio!

Ao colocar todas essas dicas em prática, com dedicação e paciência, o seu condomínio sairá do vermelho e terá uma melhoria constante na gestão financeira. A Condofy pode te ajudar a ter uma gestão mais eficiente e econômica, com uma plataforma 100% digital e humanizada. Experimente por 45 dias gratuitos! 

Tagged , , ,