Eficiência, Gestão

Má administração no condomínio: O que fazer?

Má administração no condomínio

A rotina de um síndico pode ser bastante intensa. Por ser um profissional que se envolve em diversos assuntos e interesses referentes ao condomínio, alguns cuidados precisam ser tomados para evitar uma má administração e, assim, prevenir possíveis problemas e prejuízos para todos aqueles que residem nesse espaço. 

Neste artigo, você vai conhecer o que é considerado má administração no condomínio e como evitá-la.  

O que é considerado má administração no condomínio? 

Para que a administração do condomínio ocorra de forma eficiente e tranquila, confira os principais erros que levam a uma má administração: 

Desconhecimento das normas de condomínio 

Para manter a harmonia e o bem-estar de todos, é preciso que o síndico conheça muito bem as normas estabelecidas na lei do condomínio do Código Civil. Caso isso não aconteça, é possível que muitos desentendimentos e prejuízos ocorram.  

Depois do Código Civil, prevalece o que consta na Convenção do Condomínio e no Regimento Interno, ambos documentos devem estar ao alcance de todos os condôminos, e em caso de não cumprimento, haverá multas.  

Por isso, é essencial que o síndico conheça bem todas as normas e se certifique de que as mesmas estão sendo cumpridas 

Falta de organização financeira  

A falta de organização financeira é um dos principais erros cometidos na administração de condomínio. Por isso, o uso de softwares é essencial para controlar e registrar as movimentações de caixa do condomínio.  

Além do mais, é preciso que a parte financeira seja transparente com os condôminos. Sendo assim, é fundamental que o síndico esteja preparado e conheça bem as informações corretas sobre a situação financeira do condomínio.  

Manutenções irregulares  
 

É primordial manter uma periodicidade e um compromisso em relação às manutenções do condomínio para a conservação da estrutura e segurança de todos.  

 
Leia aqui: Manutenção de inverno no condomínio: quais os cuidados?
 

Falta de comunicação 

Sem dúvidas, boa parte dos problemas de um condomínio acontecem devido à falta de comunicação eficiente. Por isso, é dever do síndico garantir que as informações sejam passadas de forma legítima a todos. Uma pequena mudança que não foi comunicada pode causar desentendimentos e desconfiança. Então, não hesite em comunicar.  

Síndico ausente 

Algumas vezes, o síndico pode não estar presente, quando surge algum imprevisto no condomínio. Entretanto, isso não impede que o mesmo possa estar a par da situação ou que consiga resolvê-la. Para isso, é necessário que algumas medidas sejam adotadas para contornar algumas circunstâncias, como investir em ferramentas de comunicação interna.  

Como evitar uma má gestão no condomínio? 

Para evitar que esses erros citados acima ocorram, o síndico precisa conhecer bem as suas atribuições e obrigações dentro do condomínio, como está estabelecido no Art.1348 do Código Civil brasileiro. Confira: 

I – Convocar a assembleia dos condôminos; 

II – Representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns; 

III – dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio; 

IV – Cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia; 

V – Diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores; 

VI – Elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano; 

VII – Cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas; 

VIII – Prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas; 

IX – Realizar o seguro da edificação. 

Além dessas responsabilidades, cabe ao síndico manter as contas do condomínio em dia e zelar pela harmonia, segurança e qualidade de vida dos condôminos. Para conseguir manter a rotina em dia, o mesmo ainda pode contratar uma administradora de condomínios para auxiliar na gestão.  

A Condofy possui uma plataforma completa, descomplicada e digital para tornar a sua administração mais eficiente, saiba mais aqui.  

 
Leia aqui: Funções de uma administradora de condomínios

Tagged ,