Finanças

COMO REDUZIR GASTOS NO CONDOMÍNIO?

reduzir gastos condomínio

Desde o último ano, as pessoas passaram a ficar mais confinadas dentro de casa por conta da pandemia causada pelo coronavírus e suas drásticas consequências. Com essa nova realidade, houve um aumento em mais de 20% nos gastos em condomínios conforme mostra um levantamento da Secovi-SP.  Sabendo disso e dos demais desafios que o síndico e os moradores podem enfrentar, neste artigo preparamos um guia com instruções importantes de como reduzir os gastos no condomínio durante a pandemia

Com isso, o primeiro passo será entender quais são os principais gastos que um condomínio tem. 

OS PRINCIPAIS DESPESAS DE UM CONDOMÍNIO 

As despesas de um condomínio são divididos em duas classificações: ordinárias e extraordinárias.  

Ordinárias são aquelas referentes a rotina e gestão de um condomínio, por exemplo: 

  • Limpeza e conservação da pintura; 
  • Consumo de água, luz, internet e gás; 
  • Gastos administrativos seja pelo síndico ou por uma administradora de condomínio 
  • Manutenção de equipamentos; 
  • Pagamento de pessoal 

Extraordinárias são aquelas que acontecem de forma inesperada e o condomínio precisa ter dinheiro em caixa para lidar com essas situações, por exemplo: 
 

  • Infiltrações e vazamentos; 
  • Novas instalações de equipamentos; 
  • Reformas de substituição de equipamentos; 
  • Pinturas e iluminação de fachadas, áreas comuns; 
  • Constituição de fundo de reserva. 

DICAS PARA REDUZIR OS GASTOS DURANTE A PANDEMIA

Leia a seguir algumas dicas para reduzir os gastos no condomínio durante a pandemia.

Informativos e instruções de uso consciente  

Economizar água é, sem dúvidas, algo que o morador deve se atentar, mas o uso do gás e da energia também devem ser levados em consideração. 

Em outro momento, se o condomínio puder investir, seria ideal apostar lâmpadas de LED, sistemas de reutilização de água e captação de água da chuva para usos como lavagens e irrigação de plantas e instalação de painéis solares.  

Renegocie os contratos de funcionários 

Como colocado acima, serviços de limpeza e manutenção entram nos gastos ordinários, portanto não devem ser descartados. Mas neste caso, o síndico em conjunto com a administradora de condomínios pode tentar renegociar os contratos com as prestadoras de serviços para obterem um desconto.  

Pesquise diferentes fornecedores 

Antes de fechar o contrato com alguma empresa, pesquise por outras para comparar e avaliar qual empresa tem o melhor custo-benefício para a sua.  

Reduza as horas extras dos funcionários 

Quem gerencia um condomínio sabe que a folha de pagamento pode ser o seu maior custo. Por isso, uma das formas para solucionar é reduzindo as horas extras dos funcionários.  

Use a tecnologia na sua gestão 

Contar com uma administradora digital e inovadora na sua gestão é uma excelente alternativa para enfrentar esses momentos difíceis e controlar os gastos. Com a Condofy você terá um suporte completo, eficiente, humanizado e, claro, na palma da sua mão.  

Conheça mais dos nossos serviços aqui ou fale conosco.  

Confira dicas para contratar uma administradora digital.  

Este artigo foi útil para você? Compartilhe! 

Tagged , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *