Gestão

Afinal, como fazer a gestão de funcionários de um condomínio?

Assim como a gestão de funcionários em uma empresa exige total atenção e tem influência direta nos resultados obtidos, administrar os empregados de um condomínio tem o mesmo grau de importância.

Afinal, apenas com trabalhadores bem preparados e motivados é possível ter um serviço de qualidade. Não precisamos lembrar como é desagradável viver em um espaço sujo, com problemas de manutenção ou até descaso na segurança, não é mesmo?

Neste post, vamos dar algumas dicas para fazer uma boa gestão de funcionários de um condomínio. Acompanhe!

Qual a importância da gestão de funcionários em condomínio?

Uma boa gestão reflete em muito mais do que a qualidade dos serviços prestados. Ela pode evitar uma série de problemas, entre os principais benefícios dessa ferramenta podemos destacar:

  • evita possíveis processos trabalhistas;
  • proporciona bem-estar aos moradores e visitantes;
  • traz o sentimento de valorização dos funcionários;
  • abre espaço para que o condomínio torne-se referência em qualidade.

Como fazer essa gestão de forma eficiente?

A manutenção de um condomínio depende de uma boa equipe e, até mesmo, da colaboração dos moradores. Para fluir da melhor maneira, os profissionais devem ser motivados e valorizados. Lembre-se de que a satisfação está totalmente ligada à qualidade dos serviços.

Para que isso ocorra, é indispensável ter uma boa administração, que cuide para que os pagamentos sejam feitos corretamente e de maneira justa, que sejam oferecidos benefícios, que as escalas de trabalho sejam coerentes e não sobrecarreguem os funcionários, entre outros detalhes importantes.

Como fazer uma boa gestão de funcionários em condomínio?

Uma gestão eficiente passa por dois pilares: a administradora e o síndico. A administradora geralmente cede a mão de obra especializada e, em muitos casos, se responsabiliza pela administração dos funcionários.

Mas, na maioria das vezes, essa responsabilidade fica a cargo do síndico, até mesmo porque ele está presente no local e consegue fazer uma supervisão mais próxima.

Porém, destacamos aqui algumas práticas que viabilizam essa gestão.

Defina regras aos colaboradores

Assim como os moradores devem obedecer regras, para os trabalhadores elas são ainda mais necessárias. Com isso, esses funcionários saberão exatamente como devem se portar e de que maneira devem realizar o seu trabalho, evitando confrontos.

Entre as questões abordadas, estão os horários de entrada e saída, a postura com os condôminos etc. Busque sempre uma boa comunicação com os funcionários

Invista na capacitação

Treinamentos são essenciais para um melhor serviço e para o uso inteligente da verba, conseguindo até mesmo um corte de custos. 

Esse tipo de iniciativa deve ser vista como um verdadeiro investimento, não apenas na carreira dos trabalhadores, mas na qualidade de vida dos moradores e na reputação da empresa responsável pela mão de obra terceirizada.

Organize um cronograma de metas

Lembre-se de que para cumprir com todas as promessas feitas na reunião de condomínio, é indispensável criar um cronograma de metas, com o planejamento de tudo que deve ser feito e os respectivos prazos.

Procure calcular essas datas finais com algumas folgas, para que nenhum imprevisto atrapalhe o cronograma e o trabalho seja bem dividido.

Com essas dicas, é possível fazer uma boa gestão de funcionários em condomínio. Por último, mas não menos importante, não se esqueça de manter todos os direitos trabalhistas em dia. Não se trata nem de uma dica, mas de uma condição essencial, afinal, os colaboradores devem receber em dia e ter seus direitos resguardados.

Se você quer ter mais informações sobre uma administração de condomínio eficiente, leia este artigo sobre a gestão de tempo nessa tarefa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *