Gestão

Qual é o verdadeiro papel do síndico em um condomínio?

Se você já pensou em se candidatar a síndico(a) do seu condomínio ou se você por acaso já tem essa função, esse artigo é para você. Embora acredito que em ambos os casos (na maioria das vezes) você saiba qual é de fato o seu papel.

A função do síndico em um condomínio , está no código civil desde 2002 e fala das responsabilidades administrativas legais na lei 10.406/ 2002. isso é facilmente encontrado em diversas páginas na internet, mas nesse artigo queremos abordar aquilo que a lei “não fala” sobre um síndico.

Ao longo dos anos e com a nossa convivência como empresa (e também como moradores) percebemos que o papel do síndico se confundiu um pouco em situações como intermediador de conflitos pessoais, defensor de direitos coletivos, fiscalizador da ordem, o terapeuta do morador insatisfeito com o gosto musical do vizinho ao lado, dentre outros.

Por isso vamos apresentar dicas das principais atividades para você que é ou deseja ser um síndico, ou até mesmo para o morador que quer saber o que pode se esperar e cobrar dessa figura essencial nos condomínios. Vamos usar como base a lei que regulamenta a função e torná-la mais fácil para colocar em prática:

  • Ser imparcial: o síndico não escolhe lados, ele sempre busca de forma neutra resolver conflitos de interesses dos moradores visando o bem da maioria sem nenhuma distinção de credo, etnia, sexo ou afinidades;
  • Ter controle e conhecimento das finanças do condomínio e estar pronto a fazer prestação de contas aos moradores sempre que necessário;
  • Implementar melhorias com o respaldo dos moradores, ou de maior parte deles quando houver conflitos de idéias formalizando em ata realizada na assembleia;
  • Monitorar e acompanhar os serviços externos prestados ao condomínio (manutenção de piscina, jardinagem, limpeza, segurança , etc..)
  • Zelar pelo patrimônio, isso inclui as manutenções necessárias periódicas a tempo de evitar qualquer desgaste que possa gerar custos ou prejuízos maiores no futuro

E acima de tudo o síndico deve zelar pela boa convivência, isso não significa se tornar amigo intimo dos moradores embora não haja nada de errado nisso se não ferir a imparcialidade das decisões o síndico é um representante legal do seu condomínio com muitas responsabilidades, e foi por isso que a Condofy surgiu para tornar o dia a dia do sindico mais simples, enquanto nós cuidamos da burocracia.

Tagged

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *